UFR-PI R$ 3,20Taxa SELICMapa do Site

Acesso rápido

Do que você precisa?

Dar Web
Qua, 19 de Abril de 2017 14:02   -   Última atualização em Qua, 19 de Abril de 2017 14:18

Curso sobre SPED superou a expectativa quanto ao número de participantes

PDF Imprimir E-mail

 

capa

Teve início na última segunda-feira (17) o curso sobre Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), oferecido pela SEFAZ por meio do Programa de Qualificação do Servidor Fazendário 2017.

 “Este é o segundo curso que a Sefaz está disponibilizando esse ano para os servidores, visando qualificar e melhorar o atendimento à população. E o curso de SPED superou as expectativas, tínhamos uma previsão de formar uma turma com 25 pessoas, porém 35 servidores estão participando do curso”, enfatiza o Coordenador de Desenvolvimento de Pessoas da Sefaz, Daniel Ferreira.   

O auditor fiscal da Fazenda Estadual, Lomanto Rosado, fez questão de participar do curso para poder se atualizar, mesmo já trabalhando na área de SPED há 10 anos, inclusive ministrando palestras. “O curso mostra qual a estrutura do SPED, tanto para mim, que já ministro esse curso na secretaria, como para os meus colegas, que vão conhecer essa estrutura quando forem fiscalizar, podendo identificar melhor onde consta cada base de dados que será procurada na fiscalização”, afirma Lomanto. 

Segundo o auditor fiscal, na prática, é o SPED que mostra todas as informações que o contribuinte opera dentro do Estado, seja relativo às vendas, ao estoque ou sobre o tipo de perda com determinado equipamento, inventário, prestação de serviços, etc. “Então, o  contribuinte tem que enviar essas informações para a Secretaria da Fazenda de uma forma bastante consolidada, não é só um resumo. Com esse curso fica mais fácil para a gente fiscalizar”, enfatiza Lomanto. 

O curso prossegue até a próxima quinta-feira (20) e tem carga horária de 20h.  Está sendo ministrado pelo contador Elon de Oliveira Bezerra, que é Pós-graduado em Auditoria Contábil e Financeira.  “O curso do SPED objetiva, na realidade, esclarecer os procedimentos das exigências que o sistema requer para escrituração das notas fiscais, em relação, por exemplo, ao conhecimento do transporte e à apuração do ICMS de um modo geral. Então, é por meio dessas informações que o Estado fará o cruzamento desses dados para fiscalizar as empresas no Estado do Piauí”, enfatiza.

f2482267 0333 4c74 99cc b473cc8d428f

O professor ainda ressalta que o maior objetivo do curso é capacitar os auditores fiscais, principalmente aquele que assumiram recentemente.  “É importante para que eles tenham conhecimento desses procedimentos, conforme as exigências da legislação, e estejam aptos a desenvolver os cruzamentos das informações necessárias para fiscalizar as empresas no Piauí”, enfatiza Elon Bezerra. Servidores e gerentes regionais da Sefaz que trabalham na capital e no interior também participam do curso.   

As inscrições para os próximos cursos que serão oferecidos pela Sefaz também já podem ser feitas acessando o link CLIQUE AQUI

Serão oferecidos no primeiro e segundo semestre os seguintes cursos: Agência de Atendimento Padrão; Gestão de Crise e Conflitos; Técnicas de arrecadação e cobranças; Crimes contra a Ordem Tributária; Direito Administrativo; Ferramentas do SIAT; Gerenciamento de Arquivo; Excel Básico; Confecção de Documentos Fiscais; Excel Avançado; ITCMD; Infrações Fiscais; e Power bi.

68437203 b347 4cba afed d1be342470ba

6153e9f6 02ed 4989 8251 c2457293cb42

c7115244 bf9b 4d9b 8b7f e0c71d6c3e9a

723ce51c 9b1d 4544 a4c2 5ec0fd8e041d

 

 

Escrito por Luciana - ASCOM